Notícias

Saiba como foi a participação de JB no Jornal Nacional

29/08/2018

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) participou, na noite de ontem, 28/08, da série de entrevistas que o Jornal Nacional realiza, nesta semana, com os presidenciáveis mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto no Brasil. 
 
Bolsonaro, que é líder em todos os levantamentos, foi recebido nos estúdios do telejornal pelos apresentadores William Bonner e Renata Vansconcellos, para uma conversa ininterrupta de 27 minutos, transmitida ao vivo para todo o país.
 
Na entrevista, Bolsonaro falou sobre algumas propostas de seu plano de governo. Com relação à economia, por exemplo, sinalizou que pretende atacar o excesso de burocratização dos negócios no Brasil, dizendo ser absurdo o fato de a abertura de empresas, aqui, levar mais de 70 dias para ser concretizada.
 
Acerca do tema violência, o candidato fez menção à desvalorização dada, atualmente, à vida de militares brasileiros. “Nós não podemos deixar os policiais morrerem nas mãos desses caras”, falou, em referência aos assassinatos de agentes de segurança, cada dia mais comuns nas estatísticas.
 
Ao fim, Bolsonaro respondeu à mesma pergunta que, diariamente, o JN faz aos espectadores – que Brasil você quer para o futuro?
Em resposta, o candidato disse: “Nos últimos 20 anos, dois partidos mergulharam o Brasil na mais profunda crise, ética, moral e econômica. Vamos juntos mudar esse ciclo, mas para tanto precisamos eleger um presidente da República honesto, que tenha Deus no coração, patriota, que respeite a família, que trate com consideração as crianças em sala de aula, que jogue pesado no tocante à insegurança em nosso Brasil, que una o nosso povo - brancos, negros, nordestinos, sulistas, ricos e pobres, homens e mulheres - para buscarmos o bem comum. Nós, no Brasil, temos tudo para sermos uma grande nação, só falta essa união entre nós e que o presidente indique seus ministros sem indicação política. Muito obrigado a todos.”, concluiu.